dicas

11|04|2017

Saiba como prevenir o contágio da febre-amarela

O Ministério da Saúde anunciou a adoção da dose única da vacina contra a febre amarela para as áreas com recomendação de vacinação em todo o país. Com a medida, crianças e adultos, que já tomaram uma dose, não precisam se vacinar mais contra a febre amarela ao longo da vida. A medida já era adotada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), desde 2014.

A estratégia de uma única dose também passa a ser adotada no Brasil. A vacina é segura e garante proteção ao longo da vida.
Precisam se imunizar crianças a partir de nove meses e adultos até 59 anos, com apenas uma dose da vacina. Assim, a proteção está garantida para o resto da vida. Para quem ainda não foi vacinado, a orientação é receber a dose única. As recomendações são apenas para as pessoas que vivem ou viajam para as áreas de recomendação da vacina. A população que não vive na área de recomendação, ou não vai se dirigir a essas áreas, não precisa buscar a vacinação neste momento.

A vacina contra febre amarela é a medida mais importante para prevenção e controle da doença e apresenta eficácia de 95% a 99%, além de ser reconhecidamente eficaz e segura. Entretanto, assim como qualquer vacina ou medicamento, pode causar eventos adversos como febre, dor local, dor de cabeça, dor no corpo. Para algumas pessoa a vacina é contraindicada.

Clique na figura abaixo para acessar a página oficial do Ministério da Saúde contendo todas as informações sobre a campanha de vacinação contra a Febre Amarela, bem como informações sobre a doença, para quem a vacina é indicada,  forma de se prevenir do contágio e outros cuidados necessários.

febreamarela-aape


ENVIE SEU COMENTÁRIO

* Campos de preenchimento obrigatório (SEU EMAIL NÃO SERÁ DIVULGADO)